segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Até para a semana, Porto











 












Casava-me com Lisboa, mas fazia do Porto o meu amante.
A passagem breve, quase indelével, foi o amor consumado à primeira vista.
Não, nunca tinha lá estado, mas agora só penso em voltar.

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Fogo e um copo de vinho


Um copo de vinho e o Chiado.
O imprevisível Chiado. Os pedintes, os pedantes, os artistas.

Os malabaristas. Os voyeurs, de copo de vinho na mesa e olhar curiosamente alheio. O fogo do Chiado. Literal, ou não.